2ea729d4 2ea729d4

17. Sistema de condicionamento aéreo

Especificações

Dados
Valor
Poder máximo de aquecimento, kcal/h
4500
Poder máximo de esfriamento, kcal/h
4100
Compressor

– datilografar

HS–15

– produtividade, cm3

140–160
Válvula de segurança

– pressão de trabalho, kg/cm2

35,0–42,2

– pressão de encerramento, kg/cm2

minuto 28,1
União magnética

– consumo de energia, W

54

– momento máximo de quilograma • m

4,4
Sensor de pressão tripla

– alta pressão, kg/cm2

DE: 32, DIFERENÇA: 26

– pressão média, kg/cm2

DE: 14, DIFERENÇA: 18

– pressão baixa, kg/cm2

DE: 2,0, DIFERENÇA: 2,25
Líquido refrigerante

– datilografar

R134a

– peso,

600±25

Informação geral

O compressor instalou na ação pelo líquido refrigerante gasoso de compressas do motor de carro à alta pressão, ao mesmo tempo a temperatura de líquido refrigerante consideravelmente aumenta. Então o líquido refrigerante compresso e aquecido move-se para o condensador instalado em um radiador de sistema de esfriamento. O condensador esfria o líquido refrigerante gasoso que se transforma no líquido. O líquido refrigerante líquido vem ao receptor / secador onde dele a água se dota, logo dá o líquido a evaporador localizado no bloco de aquecedor no interior do carro. Em evaporador o líquido refrigerante de líquido evapora-se, transformando-se no estado gasoso, e reduz a temperatura do ar que vem ao salão. O líquido refrigerante além disso gasoso chega ao compressor e o ciclo repete-se novamente.

O revezamento do condicionador faz funcionar cadeias elétricas do torcedor do condensador e o compressor do condicionador. O controle do revezamento exerce-se da unidade de controle do motor. Se esfriar líquido exceder alguma temperatura, a unidade de controle do motor apaga o revezamento, por isso, o sistema de condicionamento aéreo apaga-se. Em lançamento do motor ou aceleração do carro a unidade de controle do motor apaga o revezamento, por isso, o sistema de condicionamento aéreo durante 5 páginas apaga-se.

O torcedor leva o ar via o núcleo de evaporador, por isso, a corrente do ar esfriado dado ao interior dos aumentos dos carros. A frequência da rotação do torcedor define-se pela posição do comutador do torcedor e o bloco de resistores.

O compressor do condicionador é o elemento primário do sistema de condicionamento aéreo. Se o compressor do condicionador falhar, então não há compressão e o movimento do líquido refrigerante em um contorno do sistema de condicionamento aéreo. O compressor do condicionador põe-se na ação por um cinto de uma roldana de um cabo de inclinação.

A união do compressor do condicionador acende o compressor. A união tem a gestão eletromagnética.

O condensador instala-se antes de um radiador. O torcedor do condensador aumenta uma corrente aérea via o condensador.
O bloco do torcedor / evaporador contém o motor do ventilador, o revezamento de condicionador, o núcleo de evaporador e a larga válvula.

O núcleo de evaporador executa funções do esfriamento e um osushka de ar. Quando esfriar umidade aérea do ar se sitia em evaporador e o ar seco esfriado vem ao interior do carro.

A larga válvula permite a líquido refrigerante líquido estender-se abaixo da alta pressão, entrando em evaporador. A válvula passa certo montante do líquido refrigerante líquido para excluir a inundação de evaporador.

O ar seco pode reaquecer-se, passando por um radiador de aquecedor. O radiador de um aquecedor esquenta a passagem de líquido de esfriamento quente por ele.

O líquido refrigerante líquido do condensador onde dele a água se retira vem ao receptor / secador e logo o líquido refrigerante chega a evaporador.

O sistema de condicionamento aéreo enche-se do líquido refrigerante R-134a.